Nathalia Dill

Nathalia Dill

Nathalia Dill iniciou a sua carreira nos palcos em 2005. Um ano depois era convidada para integrar o elenco da série “Mandrake”, produção da parceria entre HBO Brasil e Conspiração Filmes, indicada ao Emmy Internacional de Melhor Série de Drama em 2006 e 2008.

O primeiro papel de destaque na TV Globo veio na temporada 2007 de “Malhação”. Nathalia interpretou a vilã Débora Rios e conquistou o público com sua atuação. Ainda naquele ano, estreou no cinema com uma participação no filme “Tropa de Elite”, vivendo uma estudante universitária. Emendou o trabalho com os longas-metragens “Feliz Natal” e “Apenas o Fim”, com Erika Mader e Gregório Duviver.

Em 2009, a atriz viveu sua  primeira protagonista em novelas: Maria Rita (Santinha) da trama “Paraíso”.  No fim do ano, ela participou do especial de fim de ano da TV Globo, “Dó Ré Mi Fábrica”.

Em 2010, Nathalia interpreta Viviane, sua segunda protagonista consecutiva, na novela de Elizabeth Jhin, “Escrito nas Estrelas”. Logo após, integrou o elenco de “Cordel Encantado” (2011). A  estreia no horário nobre  da Globo foi na pele de Débora, de “Avenida Brasil” (2012). Na mesma ocasião, Nathalia estrelou o longa-metragem de sucesso nacional “Paraísos Artificiais”.

Em 2013 foi Silvia em “Joia Rara”, e,  em 2014, viveu a jornalista Laura da novela das sete “Alto Astral”. Em 2015, a atriz rodou o longa-metragem “Por trás do céu”, do diretor Caio Sóh. Na história, Dill vive a protagonista Aparecida, jovem forte e sonhadora do sertão que resolve partir para a cidade grande.

Em 2016, a atriz se destacou interpretando a vilã Branca, principal antagonista da novela das onze “Liberdade, Liberdade”. A atriz emendou o trabalho com a trama das sete “Rock Story”, onde deu vida às gêmeas Júlia e Lorena, protagonistas da história.

Atualmente, Nathalia Dill está no teatro com o espetáculo “Fulaninha e Dona Coisa”  com direção de Daniel Herz. O espetáculo é um dos maiores sucessos do teatro brasileiro, tendo sua primeira montagem feita em 1990 com Louise Cardoso.