Klebber Toledo

Klebber Toledo

Em 2005, Klebber se inscreveu na Oficina de Atores da TV Globo e começou a investir na carreira de ator. Estreou em novelas em 2007, integrando o elenco de “Malhação”. Fez uma participação em “Caras & Bocas” (2009) antes de interpretar seu primeiro papel de destaque: Guilherme, o grande vilão da novela das sete “Morde & Assopra” (2011) – trabalho que lhe rendeu a indicação à categoria de Ator Revelação do Prêmio Melhores do Ano, do “Domingão do Faustão” em 2011. Também atuou em “A Vida da Gente” (2012), viveu o playboy Umberto de “Lado a Lado” (2012), esteve em “Império” (2014) como Leonardo, par do personagem de José Mayer e interpretou o malandro Romeu na novela “Êta Mundo Bom” (2016), de Walcyr Carrasco.

Além do trabalho em novelas, atuou na websérie do Gshow “Ato Falho” (2014) e na série especial do Fantástico “Não se apega, não” (2015). No teatro, participou dos espetáculos “Isaurinha – Samba, Jazz e Bossa Nova” (2009/2010) e “Fama” (2012). Em 2015 também esteve em cartaz com a peça “Aonde está você agora?” interpretando o protagonista Gabriel, melhor amigo de Pedro (Wagner Santisteban). Agora ele se prepara para estrear como assistente de direção da última versão do musical “Isaurinha Garcia – Samba, Jazz e Bossa Nova”, do qual também é produtor.

No cinema, dublou o personagem de Noah Curtis no filme “2012” (2012) e integrou o elenco de “Vai que cola – O Filme” (2015). Deu voz ao protagonista Junior, na animação “Cegonhas – a história que não te contaram” (2016). Também nas telonas, estreou no longa “Real – O Plano por trás da História”, que conta os bastidores da implementação do plano econômico na década de 90.

Seu último trabalho na TV foi em “A Fórmula” (2017), na pele de Ricardo, um jovem romântico e sonhador que recebe uma oportunidade de estudar fora. Seu personagem, interpretado por Fabio Assunção na vida adulta, se torna um empresário de sucesso no ramo da estética.