Carol Castro

Carol Castro

Carol Castro estreou na TV com a personagem Gracinha na novela “Mulheres Apaixonadas”, em 2003. Nos anos seguintes, fez as novelas “Senhora do destino” e Bang Bang”. Sua primeira vilã foi Ruth, do remake de “O Profeta” (2006). Já o primeiro papel cômico veio com a oportunista Sheila de “Beleza Pura” (2008). Também atuou nas novelas “Escrito nas Estrelas” (2010), “Morde e Assopra” (2011) e “Amor Eterno Amor” (2012), e participou dos especiais “Os caras de pau” e “Os Amadores”.

Começou no teatro ainda pequena, aos 9 anos de idade. Entre seus trabalhos nos palcos, se destacam a peça “Dona Flor e seus dois maridos” (2008) – cuja turnê fez grande sucesso por todo o país – e o tradicional espetáculo “A Paixão de Cristo” de Nova Jerusalém, do qual participou por dois anos consecutivos em dois diferentes papeis: Maria Madalena e Maria de Nazaré.

Seu début no cinema foi interpretando uma sereia no filme “O Caminho das Nuvens” (2003). Logo depois, protagonizou o filme argentino “Perigosa Obsessão” de Raúl Rodríguez Peila. Fez ainda os longas “Cilada.com” e “Open Road”.

Na novela “Amor à Vida” (2013), de Walcyr Carrasco, interpretou a advogada Silvia. Em 2013 foi a grande vencedora do quadro “Dança dos Famosos” do Domingão do Faustão. Após vencer a competição, foi convidada a ser a apresentadora de interatividade da “Dança dos Famosos” de 2014.

Em 2015, Carol Castro filmou o longa “O Herdeiro”, com direção de Roberto Santucci. No teatro, interpretou Luisa Contini em “Nine”, o primeiro musical de sua carreira e em 2016 viveu a espanhola Iolanda, na trama das nove “Velho Chico”.

De volta pras telinhas, Carol participará da próxima novela das nove de João Emanuel Carneiro, ”De Volta pra Casa”, que investirá em uma campanha social de luta contra as drogas e falará bastante sobre sexualidade. A estreia está prevista para março de 2018.